descricao

RAPPER MATÉRIA PRIMA LANÇA “2 ATOS”
NO SESC POMPEIA

Músico mineiro faz show do álbum de estreia acompanhado do ProjetoNave

 

No dia 23 de março, sexta-feira, às 21h30, o rapper mineiro Matéria Prima desembarca em São Paulo para show na Comedoria do Sesc Pompeia. Acompanhado da banda ProjetoNave, o rapper mostra ao público as canções do disco “2 Atos”, produzido por Gui Amabis. A obra mantém a conexão com o hip hop ao mesmo tempo em que aponta para outras direções, com liberdade para a construção das sonoridades do disco.

Matéria Prima é um dos MCs mais destacados na cena do RAP mineiro. O artista participou de grupos como Quinto Andar e Subsolo, trabalhos que o tornaram uma das referências do até então chamado “RAP underground” no Brasil. Hoje, ele é um dos integrantes da banda mineira Zimun, um dos principais nomes da cena musical de Belo horizonte.

O repertório do show é formado pelas canções autorais que compõe o álbum, como “Visita Onírica”, “A dor do outro”, “Porque” e “Sai na Marra”. São 10 faixas, sendo cinco RAPs e cinco canções, divisão que, para o artista, propõe diálogos realizados em dois atos distintos e interligados.
 

Sobre o disco

“2 Atos” não é um CD feito com a preocupação de se encaixar em alguma “gaveta”. O álbum, como o próprio Matéria Prima define, é um disco para “desacelerar” nesses tempos frenéticos. É uma obra que fala da retomada das relações humanas mais próximas, dos encontros casuais nos pontos de ônibus, da visita a um velho amigo e da superficialidade das relações mediadas pelas redes, nas quais a imagem importa mais do que a vida que se vive, ou mesmo apontar o “erro” alheio, antes mesmo de qualquer reflexão.

Contemplação e reflexão são palavras que cabem bem neste trabalho, mesmo quando o RAP dá a direção ao falar das ruas e tecer críticas sutis e ácidas ao comportamento contemporâneo. É uma obra para se ouvir com calma e absorver o máximo, tanto das texturas sonoras quanto da escrita e o que ela aborda.

O show de Matéria Prima e Projetonave no Sesc Pompeia compõe o projeto Plataforma, que engloba o lançamento de shows musicais inéditos,  CDs e DVDs.

 

SERVIÇO:

Matéria Prima e Projetonave
Lançamento do álbum “2 Atos”

23 de março de 2018, sexta-feira, às 21h30.
Comedoria
Ingressos:
R$ 6,00 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 10,00 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 20,00 (inteira).

Venda online a partir de 13 de março, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 14 de março, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia


Nos acompanhe!
instagram.com/sescpompeia
facebook.com/sescpompeia
twitter.com/sescpompeia

Para credenciamento, encaminhe pedidos para imprensa@pompeia.sescsp.org.br

 

Assessoria de Imprensa
Com Canal Aberto
Márcia Marques | Carol Zeferino | Daniele Valério
Contatos: (11) 2914 0770 | 9 9126 0425

marcia@canalaberto.com.br | carol@canalaberto.com.br | daniele@canalaberto.com.br


Assessoria de Imprensa Sesc Pompeia:
Fernanda Porta Nova e Guilherme Barreto
Estagiária: Camila Cetrone
Coordenador de comunicação: Igor Cruz
Telefone: (11) 3871-7720 / 7776

imprensa@pompeia.sescsp.org.br

 

MATERIAL DE APOIO

Matéria Prima

Thiago Augusto, também conhecido como Matéria Prima, é um dos MC`s mais destacados na cena do rap mineiro. Participou de grupos como Quinto Andar e Subsolo, trabalhos que o tornaram uma das referências do até então chamado “rap underground” no Brasil. Hoje ele é um dos integrantes da banda mineira Zimun, um dos principais nomes da cena musical de Belo horizonte. Por pesquisar intensamente o rap norte americano, aprendeu a língua inglesa de forma autodidata, o que mais tarde deu-lhe a oportunidade de ser o intérprete de África Bambaataa (Considerado um dos pais do hip hop por ter sido o primeiro a utilizar o termo e para referir-se às manifestações artísticas dessa cultura) em sua passagem pelo Brasil. Seu trabalho é marcado pelo cuidado rigoroso com a escrita, o que resulta em rimas e metáforas desafiadoras, construindo cenários mentais que abordam a rua, a vida e as particularidades humanas como receios, anseios, potencialidades e limitações.


Projeto Nave

Projetonave é formado por Alex Dias (contrabaixo acústico e elétrico), Marcopablo (guitarra), Flávio Lazzarin (bateria), Willian Aleixo (teclado), e DJ B8 (Toca discos e samplers).
Com com três discos (homônimo, Volume 2 e Asunzion), um DVD, um cassete (Mixtape) e seis compactos 7″ em vinil (Nasbase) lançados e incursões criativas e instigantes pelo rock, jazz, hip-hop, dub, funk, música brasileira e eletrônica, o PROJETONAVE é parte importante da história do rap nacional nos últimos anos. A banda, que estreou no clube Sarajevo inaugurando a efervescência do baixo Augusta, é residente do Programa “Manos e Minas”, da TV Cultura, desde 2010. Os números ao redor do PROJETONAVE são impressionantes: mais de 200 musicais gravados com mais de 300 artistas diferentes, totalizando mais de 1.000 músicas registradas em vídeo. Um acervo admirável que inclui nomes como Emicida, Marku Ribas, Flora Matos, Hyldon, Gerson King Combo, Rashid, Izzy Gordon, Dexter, Marechal, Ndee Naldinho, Rael e Síntese.

Compartilhar :