descricao

LaMínima volta com Pagliacci e espetáculos de sua trajetória no Teatro João Caetano na 
Mostra LaMínima 20 anos

 
“O LaMínima 20 anos é uma consequência dessas duas décadas de trabalho, é mais que uma homenagem ao Domingos, é a constatação da evolução da linguagem da companhia, a sua relação com a arte 
e sua fidelidade aos princípios que a norteia desde sempre”.
Luciana Lima, atriz, circense, produtora e esposa de Domingos Montagner

 

De 03 a 19 de novembro de 2017, o grupo LaMínima apresenta o projeto LaMínima 20 anos no Teatro Municipal João Caetano (R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino, SP), com apresentações gratuitas do “Pagliacci”, que abre a mostra no dia 03 de novembro. Este espetáculo é realizado com apoio do Edital de Apoio a Criação Artística – Linguagem Circo, da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo. Nas semanas seguintes serão apresentados “A Noite dos Palhaços Mudos” (16 e 17/11), “Reprise” e “À La Carte” (18 e 19/11) com ingressos a preços populares (R$ 5 e R$ 10).  

“Pagliacci” é o mais recente espetáculo da companhia, estreado em março deste ano no Sesi SP, com grande repercussão na imprensa e de público, com sessões lotadas em quase todas as apresentações. A obra inspiradora dessa versão circense da LaMínima é baseada na ópera do italiano Ruggero Leoncavallo, e foi apresentada pela primeira vez no Teatro dal Verme de Milão, em 21 de maio de 1892, sob o título I Pagliacci, tornando-se mundialmente conhecida ao narrar a história da trupe de palhaços decide abandonar suas origens e encenar um drama refinado. Para a versão concebida por Domingos Montagner e Fernando Sampaio, buscou-se a mistura de números cômicos e elementos líricos e melodramáticos. 

Ao iniciar o planejamento das comemorações dos 20 anos, ainda em 2016, no texto escrito por Domingos, ele dizia “queremos comemorar [essa história], apresentando espetáculos que percorreram muita estrada, realizando uma exposição com fotos, figurinos, objetos que andaram conosco e estrear Pagliacci, um novo companheiro para nos ajudar a construir mais um trecho deste caminho, que ainda não sabemos onde é o fim”. 

Que antes do fim, se houver, o LaMínima possa seguir adiante comemorando 20, 25, 30, 50 anos de trabalho, oferecendo ao público o melhor da arte circense, fazendo rir e se emocionar a cada nova montagem.

LaMínima 20 Anos no Teatro João Caetano
O projeto LaMínima 20 Anos também contempla espetáculos da trajetória do grupo, que completa duas décadas em 2017. Além de duas semanas de “Pagliacci”, haverá apresentações do premiado “A Noite dos Palhaços Mudos”, “Reprise” e “À La Carte”.

Em “A Noite dos Palhaços Mudos”, dois palhaços calados são perseguidos por uma seita que os considera uma ameaça e pretende extingui-los. Caçados numa noite, os palhaços conseguem escapar, mas um deles é mutilado, perdendo o nariz. Solidário, seu parceiro parte com ele para um ousado “resgate nasal”. Perseguições em meio às sombras misturam-se a truques de magia, números musicais e outros absurdos cômicos que evocam os conflitos entre as intolerâncias contemporâneas e a lógica do palhaço… se é que ela existe.

“Reprise” apresenta dois palhaços que ao chegarem no local de suas apresentações, descobrem que foram contratados para o mesmo local, no mesmo horário, pela mesma pessoa. Depois de infrutíferas tentativas de provarem um ao outro sua prioridade no picadeiro, decidem realizar este trabalho juntos.

Sem a utilização de um texto como base narrativa, mas através de um roteiro baseado em magias, técnicas circenses e números musicais, “À La Carte” utiliza a arte do palhaço em prosaicos números de forte gestualidade. A intenção é que o público não deixe de desfrutar do prazer de rir de si próprio.

Histórico do grupo
O Grupo La Mínima, criado em 1997, é uma dupla de palhaços, com origem circense cujo princípio é pesquisar o repertório clássico do palhaço, adaptá-lo e aplicá-lo a diversos suportes dramatúrgicos. O palhaço está nas ruas e nas feiras, nos parques de diversão, nas histórias em quadrinhos, no cinema mudo ou falado, nos espetáculos de variedades e nos textos clássicos. O palhaço vai existir sempre. Ele nos possibilita perceber limites, diferenças e semelhanças através de um universo fantasioso, mas não menos objetivo. É ele que nos permite rir de nós mesmos. De Homero a Bocaccio, de Carlitos a Oscarito, de Leonardo da Vinci a Laerte, a humanidade há pelo menos 28 séculos registra o humor e ri dela mesma.

Os 20 anos do LaMínima
O ano de 2016 já deixava vislumbrar, para os atores do LaMínima, que as duas décadas de estrada poderiam ser comemoradas no ano seguinte com uma estreia acalentada há tempos por Domingos Montagner e Fernando Sampaio, seu parceiro de grupo: Pagliacci. Em uma sinopse escrita no ano passado por Domingos para apresentar o projeto LaMínima 20 anos, seu texto acabava com a  palavra “generosidade” para conceituar a arte do palhaço, “ (...) uma arte exigente, que pede vocabulário e apuro técnico dos seus intérpretes, anos de prática, um profundo conhecimento da alma humana e acima de tudo, generosidade”.

É essa generosidade que permeia os 14 trabalhos estreados pela companhia até hoje e se materializa ao dar a chance ao público de fruir, por meio dos espetáculos, uma trajetória tão representativa não só para o circo, mas para as artes cênicas no geral.


Serviço 
Mostra LaMínima 20 Anos

De 03 a 19 de novembro de 2017
Teatro João Caetano 
R. Borges Lagoa, 650 - Vila Clementino – São Paulo
Tel. (11) 5573-3774

Pagliacci
De 03 a 12 de novembro de 2017
Sexta e sábado, às 21h e domingo, às 19h
Recomendação: 14 anos/ Duração: 80 min
Grátis

A Noite dos Palhaços Mudos
Dias 16 e 17 de novembro de 2017
Quinta e sexta, às 21h
Recomendação: 10 anos/ Duração: 55 min
Ingresso: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia)

Reprise
Dias 18 e 19 de novembro de 2017
Sábado e domingo, às 16h
Recomendação: Livre/ Duração: 50 min
Ingresso: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia)

À La Carte
Dias 18 e 19 de novembro de 2017
Sábado, às 21h e domingo, às 19h
Recomendação: 10 anos/ Duração: 60 min
Ingresso: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia)


Informações à imprensa
Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Márcia Marques | Daniele Valério 
Fones: 11 2914 0770 | Celular: 11 9 9126 0425
Email: marcia@canalaberto.com.br | www.canalaberto.com.br

 

Compartilhar :