descricao

...AVOA! Núcleo Artístico promove

encontro com artistas da dança no

CCSP - Centro Cultural São Paulo

 

No mesmo dia 16 de fevereiro será lançado um documentário produzido com imagens captadas na 5ª edição do GIRE – Grupos Independentes em Rede
 

 

Dia 16 de fevereiro de 2018, às 20h, será realizado o evento ‘Conversadores’, no CCSP Centro Cultural São Paulo (R. Vergueiro, 1000, São Paulo) com Luciana Bortoletto, diretora e coreógrafa do ...AVOA! Núcleo Artístico, Valéria Cano Bravi (professora, pesquisadora, mestre e coordenadora do curso de graduação em dança da Universidade Anhembi Morumbi) e com Marcos Moraes (bailarino e coreógrafo).

A ação vai promover o encontro com alguns artistas da dança para olhar e refletir, a partir de um recorte, sobre a história recente da dança em São Paulo nos últimos 30 anos. Serão considerados os modos e meios de produção, o processo de difusão de metodologias somáticas na cidade enquanto prática de pesquisa e a articulação de artistas para criação de movimentos como o Mobilização Dança em busca de políticas públicas para a área, em meados dos anos 90.

O objetivo é produzir registro e memória de um período histórico que se entrecruza com a própria história do ...Avoa que em 2016 completou 10 anos de atividades e, dessa forma, realiza um trabalho de contextualização da produção artística na cidade de São Paulo.

Conversadores é uma das ações que integra o projeto para manutenção de pesquisa do ... AVOA! Núcleo Artístico "Vir-a-Ser", contemplado pelo XX Edital do Programa Municipal de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo/2016.

Documentário GIRE – Grupos Independentes em Rede

Ainda no dia 16 de fevereiro, o ...AVOA! Núcleo Artístico lança um documentário produzido com imagens captadas na 5ª edição do GIRE – Grupos Independentes em Rede, que aconteceu em junho de 2017, em parceria com o Museu da Dança. O GIRE é uma ação continuada que promove encontros entre artistas e grupos que atuam com poéticas urbanas e o corpo nesse contexto, refletindo sobre modos e meios de produção artística, micropolítica e articulação de ideias e experiências no campo da Arte Pública e Urbana por meio da linguagem da dança.

O documentário contou com a presença dos grupos ...AVOA! Núcleo Artístico (SP), Projeto CO (São Bernardo do Campo), Lagartixa na Janela (SP), Coletivo Ruínas (Santo André), Cia. Damas em Trânsito e os Bucaneiros (SP) e Centro de Pesquisa da Máscara (SP), além da parceria com o Museu da Dança, elaboração do roteiro por Talita Bretas e registros em vídeo por Marcos Yoshi.

Durante quatro dias, os artistas transitaram por diferentes regiões de São Paulo para aprofundar questões relativas ao corpo e à dança nos espaços públicos, tendo como ponto de partida a experiência do Sentido Háptico com o terapeuta corporal Guilherme Nascimento e Geopoética dos Sentidos conduzido por Lilian Amaral com mediação de Cynthia Domenico.
 

... AVOA! NÚCLEO ARTÍSTICO

Com direção de Luciana Bortoletto, desde 2006 o núcleo dedica-se a um trabalho ancorado nas linguagens de dança contemporânea, improvisação cênica e abordagens somáticas, pesquisando uma corporeidade que convida à proximidade, acreditando na potência do gesto e de ações artísticas coletivas. Explora a criação coreográfica em contexto urbano e fora do palco. É idealizador do GIRE – Grupos Independentes em Rede, que promove encontros prático-teóricos entre coletivos e artistas pesquisadores de poéticas urbanas e a dança nesse contexto. Participou da Bienal SESC de Dança 2013, Festival Internacional Visões Urbanas com apresentações em São Paulo, Alagoas e Portugal, Mostra de Fomento à Dança, Festival Breu de Arte Urbana, Mostra Escambos Estéticos, inauguração do SESC 24 de Maio (intervenção Caravana Citadina, com direção de Alex Ratton), Mostra Lugar Nômade de Dança, Festival Satyrianas, Virada Cultural, entre outros.

Apoios e prêmios: Prêmio Denilto Gomes, Prêmio SESI Dança, apoio do Programa Municipal de Fomento à Dança com os projetos “Urgência - A cidade do avesso” (8ª Edição); “Corpo Poético, Corpo Político” (14ª Edição); “Entre-espaços: Relações possíveis no encontro com a rua” (16ª Edição); “Vir-a-Ser” (20ª Edição).

 



Valéria Cano Bravi:
Defendeu seu Mestrado em Artes Cênicas – ECA/USP, é pós-graduada em Antropologia Cultural pela FFLCH – USP e bacharel em Ciências Sociais. É pesquisadora de técnicas corporais, processos de criação, dramaturgia coreográfica e história da dança. Trabalha como assistente de direção, orientação dramatúrgica e de pesquisas com diferentes profissionais da dança nas áreas da pedagogia e das artes cênicas.

Marcos Moraes: Bailarino e coreógrafo, Moraes trabalha como artista, docente e produtor cultural. Criou e dirige, desde 2013, o Projeto A Cozinha Performática, Plataforma Colaborativa de Pesquisa e Criação em Dança e Performance. Foi consultor de alguns dos principais festivais de dança contemporânea do país. É formado em Dança e em “Técnicas Psico-corporais Para o Desenvolvimento Harmônico” pelo Espacio de Desarrollo Armónico, Uruguay. Tem longa experiência docente. Foi coordenador nacional de dança da Funarte/MinC (2004 a 2007).
 

SERVIÇO

CONVERSADORES

Dia 16 de fevereiro de 2018, às 20h

Artistas convidados: Luciana Bortoletto, Valéria Cano Bravi e Marcos Moraes

Duração: 80 minutos | Recomendação: Livre | Capacidade: 60 lugares
 

DOCUMENTÁRIO

Dia 16 de fevereiro de 2018, após o Conversadores

Duração: 40 minutos
 

Centro Cultural São Paulo – Sala de Debates

R. Vergueiro, 1000 – Vergueiro – São Paulo/SP
 

Avoa nas redes sociais:

www.avoanucleoartistico.com.br |  Instagram @avoa.nucleo.artistico   |  Facebook: @nucleoavoa.danca

 

Informações para a imprensa

Canal Aberto

Tel. 11 2914-07790

Márcia Marques | Cel. 11 9 9126 0425 | marcia@canalaberto.com.br

Daniele Valério | Cel. 11 9 8435 6614 | 9 6705 0425 | daniele@canalaberto.com.br

 

Compartilhar :